7 de Janeiro de 1610 – 405 anos da grande descoberta de Galileu Galilei

Em 7 de Janeiro de 1610, Galileu descobriu três das maiores luas de Júpiter – Io, Europa e Calisto; Ganimedes foi descoberta seis dias mais tarde, provando deste modo que nem todos os corpos revolucionavam ao redor da Terra como sugeria a teoria geocêntrica de Ptolomeu.

galilean

 

Galileu escreveu no seu livro ” Sidereus Nuncius”:

“Eis que no sétimo dia de Janeiro do presente ano de 1610, na primeira hora da noite, enquanto contemplava com o óculo os astros celestes, apareceu Júpiter. Dispondo, então, de um instrumento excelente, percebi (coisa que antes não me havia acontecido em absoluto pela debilidade de outro aparelho) que o acompanhavam três estrelinhas, pequeninas, ainda que claríssimas, as quais por mais que considerasse que eram do número das fixas, me produziram certa admiração, pois pareciam dispostas exactamente em linha recta paralela à eclíptica e também mais brilhantes que as outras de magnitude parecida.”

Fonte: Mourão, Anuário 2003